domingo, 29 de agosto de 2010

NOVO ACADÊMICO TOMA POSSE NA ALLA, EM OUTUBRO


Convite para a posse e diplomação do Antônio Dias Pereira Filho. Como a patrona dele é Madre Cândida Maria de Jesus, que será canonizada dia 17/10 próximo, fizemos o convite e escolhemos o local da cerimônia em homenagem ao Colégio Imaculada Conceição.


Texto publicado nos anais do Fazendo Gênero

Os Anais do Encontro Nacional Fazendo Gênero 9 ainda não estão disponíveis, mas vou adiantando o texto, para quem tiver interesse.

comunicação_natania_nogueira

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Aurea Nardelli: memórias de uma normalista

Ontem fiz minha apresentação no ST do Fazendo Gênero. O texto será publicado nos Anais, em breve. Segue a apresentação de slaide.

ESTAMOS NA SEGUNDA FASE DA ONHB


Hoje pela manhã dei uma conferida nos resultados da 2ª Olimpíada Nacional de História do Brasil e foi com alegria que verifiquei que todas as equipes inscritas por mim ( da E. M. Judith Lintz Guedes Machado e do Colégio Imaculada Conceição) foram aprovadas para a próxima etapa, que começa hoje. A partir de agora fica mais difícil e é necessário acumular mais pontos pois, mesmo passando nas 5 etapas, só 300 equipes serão classificadas para a final.

As equipes têm até às 23h59 (horário de Brasília) da próxima quarta-feira, 1 de setembro, para enviar as respostas desta segunda etapa. Como tarefa, as equipes devem entrevistar duas pessoas e elaborar um resumo das informações coletadas.

Continuam na Olimpíada mais de 38 mil participantes, entre professores e estudantes. De acordo com o regulamento, cerca de 90% das equipes passaram para a etapa seguinte da competição. Uma novidade: a prova está disponível em formato pdf e poderá ser impressa pelos alunos para ser estudada em casa.


quarta-feira, 25 de agosto de 2010

ENCONTRO NACIONAL FAZENDO GÊNERO 9


Estou participando do Encontro Nacional Fazendo Gênero, pela segunda vez. Eu gosto muito deste evento. Não é apenas questão de conhecer mais sobre os estudos de gênero, mas de poder trocar contatos, ideias e poder mergulhar no universo da pesquisa em si.

Estou inscrita em um Simpósio Temático que trata sobre a escrita de si, ou seja, pesquisas centradas em documentos particulares produzidos por personagens conhecidos e anônimos. Ontem e hoje os trabalhos se concentraram em pesquisas gêneros epistolares (cartas), tanto aquelas produzidas e trocadas entre indivíduos com vínculos familiares ou de amizade, quanto de correspondência publicadas em periódios e, portanto, públicas.

Estou achando ótimo pois, por meio dos relatos de pesquisas, posso aprender um pouco mais sobre o tratamento que deve ser dado a esse periódico. Paralelamente, falou-se dos diários e da pesquisa em periódicos.

Amanhã será minha apresentação. Minha pesquisa se baseada no estudo de memórias e haverá outras pesquisas realizadas com esse tipo de fonte. Estou ansiosa para poder realizar mais uma troca e poder colocar a prova o trabalho que tenho feito nos últimos anos.

Como trabalho, também, com história local geralmente recorro a três tipos de fontes: periódicos memórias e fontes orais. Infelizmente, fontes primárias cartoriais ainda são de pouco acesso na minha cidade, pela falta de arquivo público organizado, mas tenho tido a sorte de poder contar com a boa vontade de muitas pessoas que permitem meu acesso a documentos privados.

ALUNOS NA OLIMPÍADA DE HISTÓRIA


Equipe Jerônima Mesquita, que representou Leopoldina ano passado e que retorna este ano, na tentativa de chegar novamente na final e, quem sabe, garantir uma medalha

Estou com 14 equipes nas Olimpíada de História. Nove do Ensino Fundamental, da E. M. Judith Lintz Guedes Machado e cinco, do Ensino Médio do Colégio Imaculada Conceição (Não dou aula no Ensino Médio, mas no cursinho do Colégio, então os alunos me pediram para ser orientadora).

A primeira prova foi marcada por contratempos, como a falha no site que dificultou que a prova fosse feita por todos no mesmo dia. Aliado a isso veio o fato de que eu tinha já o compromisso de viajar para participar do Congresso Nacional Fazendo Gênero, em Florianópolis. Mas, no fim, deu tudo certo, graças à ajuda da coordenadora do Ensino Médio, Conceição, e à supervisora da E. M. Judith Lintz Guedes Machado, Michella. Elas supervisionaram a feitura das provas, na minha ausência.

Semana passada tivemos que fazer a prova em um rascunho e não tínhamos ainda passado os resultados, por conta dos problemas no site da ONHB. Daí eu viajei com o coração na mão, como medo dos alunos não conseguirem marcar corretamente as respostas. Um stresse que só terminou hoje, quando a última equipe finalizou a prova.

Agora é esperar o resultado e torcer para que todos, ou a maioria, consiga uma vaga na segunda etapa.

domingo, 22 de agosto de 2010

Olimpíada estende a data da primeira fase e altera calendário

A Comissão Organizadora da 2ª Olimpíada Nacional em História do Brasil estende a data primeira fase. Agora, os participantes têm até às 23h59 (horário de Brasília) da próxima quinta-feira, 26, para enviar as respostas desta primeira etapa online.

A Coordenadora da ONHB, Cristina Meneguello, explica que a decisão foi tomada após uma série de instabilidades no sistema, que dificultou o acesso a página da Olimpíada. “Trabalhamos com afinco e urgência em atenção a todas as nossas equipes participantes”, disse.

Com a alteração, as próximas fases também ganham novas datas. Iniciando sempre às sextas-feiras e finalizando às quartas. Confira!

Segunda Fase - inicia às 8:00 do dia 27 de agosto e finaliza às 23:59 do dia 01 de setembro.

Terceira Fase - inicia às 8:00 do dia 03 de setembro e finaliza às 23:59 do dia 08 de setembro.

Quarta Fase - inicia às 8:00 do dia 10 de setembro e finaliza às 23:59 do dia 15 de setembro.

Quinta Fase - inicia às 8:00 do dia 17 de setembro e finaliza às 23:59 do dia 22 de setembro.

As datas de DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS e da FASE FINAL PRESENCIAL não serão alteradas.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

CONFERÊNCIA SOBRE HISTÓRIA REGIONAL

Estou saindo para viajar, mas tive tempo de postar no youtube partes da palestra do Historiador Peter Blasenhain, do dia 16 de Outubro, no youtube. Farei comentários posteriormente. Seguem alguns trechos.













terça-feira, 17 de agosto de 2010

Livro sobre História de Cataguases: Muitas Cataguases - Novos olhares acerca da história regional


Ontem, durante a Conferência com o historiador norte-americano, Peter Blasenhain (a qual relatar com detalhes em outra postagem), tive a oportunidade de reencontrar um antigo colega de faculdade, Inácio Frade, que fez a gentileza de me presentear com um livro escrito por vários pesquisadores de Cataguases, abordando a história daquele município e, consequentemente, da Zona da Mata de Minas.

Trata-se de uma iniciativa muito importante, pois serve de estímulo para que outros pesquisadores possam tornar públicos seus trabalhos. Infelizmente, tomando exemplo de Leopoldina, a maior parte da minha produção é publicada fora da cidade, em revistas de história ou de educação e em anais de encontros regionais ou nacionais de história. Apenas uma parcela pequena divulgada aqui, principalmente por meio do blog.

Incentivar esse tipo de pesquisa e publicá-la na região permite o acesso a esse material, supostamente de interesse dos habitantes da região. Ainda não li o livro, mas pelas temáticas enumeradas no sumário acredito que ele tem muito a colaborar com pesquisa em história regional.

sábado, 14 de agosto de 2010

COMEÇA A 2º OLIMPÍADA NACIONAL DE HISTÓRIA DO BRASIL


Foram encerradas as inscrições para a 2º Olimpíada Nacional de História do Brasil, cujas provas começam nesta quinta, dia 19 de Agosto. Para essa segunda ONHB foram confirmadas até o presente dia a inscrição de 13139 equipes, quase 10 mil equipes a mais do que no ano passado.

Estou com 15 equipes confirmadas (ainda pode chegar a confirmação de outras), com alunos da rede particular e pública. Ano passado tivemos apenas duas equipes, na sede do município. Acredito que este ano outras professores devem participar. Prevejo uma disputa apertadíssima.
Confira o cronograma:

19 de agosto a 24 de agosto: primeira fase

26 de agosto a 31 de agosto: segunda fase

02 de setembro a 07 de setembro: terceira fase

09 de setembro a 14 de setembro: quarta fase

16 de setembro a 21 de setembro: quinta fase

27 de setembro: Divulgação do nome das equipes selecionadas para a fase final presencial. Divulgação do nome das cinco equipes de escola pública cuja vinda para a fase final será financiada pelos organizadores.

05 de outubro: Prazo final para a confirmação online de interesse de todas as equipes convocadas em participarem da grande final presencial. No caso da não-confirmação de interesse, as equipes seguintes na pontuação serão convocadas.
23 e 24 outubro

Grande Final presencial
23 de outubro: Prova

24 de outubro: Cerimônia de Premiação: A Organização da 2ª Olimpíada Nacional em História do Brasil se reserva o direito de alterar as datas das provas em caso de imprevistos de força maior, que fujam da alçada de controle do Museu Exploratório de Ciências – Unicamp.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

MEMÓRIA DA EDUCAÇÃO EM LEOPOLDINA: COLÉGIO IMACULADA CONCEIÇÃO

O Colégio Imaculada Conceição foi fundado no Brasil, em 08 de dezembro de 1854, a pedido do Imperador Dom Pedro II, a fim de atender à demanda pela educação feminina, que na segunda metade do século XIX havia crescido consideravelmente. Até então, as moças de famílias com amplos recursos financeiros estudavam no exterior, notadamente França e Inglaterra. O Colégio Imaculada não foi a única iniciativa nesse sentido. Em São Paulo, Minas e outros centros urbanos surgiram escolas femininas, algumas voltadas para a formação de professoras.

O primeiro Colégio abriu suas portas naquele ano de 1854, na rua do Livramento, nº 120, sendo a sede, no ano seguinte, transferida para o Novo Caminho de Botafogo, s/n, hoje Paria de Botafogo, 266, cidade do Rio de Janeiro, antiga capital do Império. Foram responsáveis pelo seu funcionamento onze Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo.

A filosofia cristã do Colégio Imaculada encontra sua inspiração na Madre Cândida, fundadora da Congregação das Filhas de Jesus, que será canonizada no dia 17 de outubro de 2010, em Roma. Inicialmente dedicado à educação feminina, atualmente o Colégio atende a alunos de ambos os sexos.

O Colégio Imaculada Conceição em Leopoldina

As Filhas de Jesus chegaram em Leopoldina no dia 07 de fevereiro de 1918, com o objetivo de formar professoras sob o regime de internato. A escola normal do Colégio Imaculada Conceição iniciou , então, suas atividades no dia 03 de abril daquele ano, vindo a substituir, posteriormente, a Escola Normal do Ginádio Leopoldinense, que encerrou suas atividades em agosto de 1926. O Colégio Imaculada passou, então, a ser a instituição responsável pela formação de professoras primárias em Leopoldina. O curso Normal do Colégio funcionou até o ano de 1976 e foi responsável pela diplomação de 1559 normalistas.

Iniciou suas atividades com apenas 15 alunos e hoje recebe, anualmente, um número superior a 100 matrículas. Em 1971, o Colégio passou a ter classes mistas, o que explica esse crescimento. Oferecia os Cursos Profissionalizantes de Desenhista de Arquitetura e Auxiliar de Análises Químicas, até o ano de 1979 e 1986, respectivamente.

Atualmente, a instituição oferecer os cursos da Educação Infantil ao Ensino Médio, além do Curso Preparatório para Avaliações Seriadas, Intensivo e Revisional.

Memória virtual: fotos antigas do Colégio

Dependência do Colégio (anterior ao prédio atual)

Dormitórios

Prédio do Ensino Primário

Sala de História

Extintor de incêncio

FONTES:
http://www.cicleopoldina.com.br/historia/index.htm
http://www.colegioimaculada-go.com.br/nossa_historia.asp
Acervo fotográfico da Biblioteca do Colégio Imaculada

domingo, 8 de agosto de 2010

Vídeo recuperado mostra o Dr. Custódio Junqueira e família



O vídeo, feito na Chácara do Desengano, foi recuperado e disponibilizado pelo neto do Dr. Custório, Reinaldo Lustosa.

Nascido na fazenda Niagara, distrito de santa Isabel, no dia 25 de Fevereiro de 1875, Custódio Monteiro Ribeiro Junqueira faleceu aos 66 anos, em 1941. Formou-se em 1897, pela Faculdade de Medicina, posteriormente chamada de Escola Nacional de Medicina.Casou-se dois anos depois com D. Emereciana Botelho Reis Junqueira, filha do Major Olímpio Meirelles de Souza Reis e de D. Helena de Andrade Botelho Reis. Teve grande influência política em Leopoldina, juntamente com seu irmão José Monteiro Ribeiro Junqueira.

FONTE: ACAIACA, Centenário de Leopoldina. Leopoldina, 1954, p. 93


sexta-feira, 6 de agosto de 2010

MOSTRA DE CINEMA EM LEOPOLDINA: O ANCIÃO DA SERRA


Clique na imagem para ampliar!

ENCONTRO DA ANPUH DO ES


A ANPUH-ES (Associação Nacional de História – Seção Regional do Espírito Santo) promoverá o seu próximo Encontro entre os dias 08 e 11 de novembro de 2010, em Vitória, na Universidade Federal do Espírito Santo. Como tem sido feito desde 1996, os Encontros Regionais da ANPUH-ES buscam aproximar os pesquisadores da área de História e campos afins no estado, divulgando seus trabalhos e estimulando a discussão historiográfica local. Neste ano, a Anpuh-ES já organizou o colóquio “Historiografia e História Intelectual: diálogos e convergências”, realizado na UFES nos dias 17 e 18 de maio. Agora, abrimos as inscrições para o VIII Encontro Regional de História.

O tema escolhido deste ano é “História Política em debate: linguagens, conceitos, ideologias”. Nossa proposta é abrir espaço para a discussão sobre as diversas possibilidades teórico-metodológicas disponíveis para a pesquisa no campo da história política. A discussão sobre conceitos fundamentais como os de “linguagem política”, “representações”, “ideologias” e as próprias noções ampliadas do “político” constitui um aspecto fundamental do debate historiográfico contemporâneo para o qual gostaríamos de contribuir.

O Encontro será composto de conferências, comunicações livres e mini-cursos. As inscrições deverão ser feitas através da ficha de inscrição individual que se encontra em nossa página na internet (www.cchn.ufes.br/anpuhes). Os trabalhos inscritos individualmente serão analisados pela Comissão Organizadora e reunidos em mesas.

Os mini-cursos terão duração de 6 horas (3 manhãs), podendo ser ministrados por até 2 professores. As propostas de mini-curso serão analisadas pela Comissão Organizadora e somente serão efetivadas se houver um número mínimo de inscritos. Gostaríamos de solicitar aos proponentes de mini-cursos que procurem compatibilizar o tema com a temática geral do evento, embora isto não seja obrigatório. Em todas as situações, o preenchimento da ficha e o pagamento da inscrição deverão ser feitos por cada participante separadamente.

Os resumos das comunicações e mini-cursos devem ter, no máximo, 15 linhas em editor padrão (fonte Times New Roman, tamanho 12) e devem ser enviados até o dia 31 de agosto de 2010. Juntamente com a ficha de inscrição, deverá ser encaminhada a cópia digitalizada do comprovante de pagamento da inscrição no VIII Encontro, realizado por depósito bancário. As inscrições serão feitas EXCLUSIVAMENTE pelo e-mail anpuhes1@gmail.com.

As inscrições para ouvinte, incluindo os mini-cursos, começarão imediatamente após o encerramento das inscrições de trabalhos.

Os valores das inscrições são:

Sócios com apresentação de trabalho (quites com as anuidades de 2009 [80,00] e 2010 [90,00], ou com a de 2010 para novos associados): R$ 40,00

Não-sócio com apresentação de trabalho: R$ 130,00

Estudante de pós-graduação não-sócio com apresentação de trabalho: R$ 80,00

Estudante de graduação com apresentação de trabalho: R$ 40,00

Professores e pós-graduandos - Ouvinte (inclui mini-curso): R$ 40,00

Estudante de graduação - Ouvinte (inclui mini-curso): R$ 30,0

O pagamento será efetuado através de depósito na seguinte conta:

Titular: Fabio Muruci dos Santos

Caixa Econômica Federal

Agência UFES: 0662 – Conta Poupança: 30815-5 OPER. 013

As fichas de inscrição e comprovantes de pagamento digitalizados deverão ser remetidos para o e-mail anpuhes1@gmail.com com o assunto “Inscrições no VIII Encontro”, seguido do nome do inscrito para agilização da identificação.

ANAIS

Os textos para os anais do evento devem ser enviados para o e-mail anpuhes1@gmail.com. O prazo para o envio dos textos é 15 de setembro de 2010. As normas seguem abaixo:

Word com máximo de 10 páginas, fonte Times New Roman, tamanho 12 para texto e 11 para citações acima de três linhas (separadas do corpo do texto), espaçamento 1/5, notas de rodapé, com bibliografia no final.

Lançamento do livro: O dinheiro e as letras – História do capitalismo editorial


Jean-Yves Mollier, professor da Université de Versailles Saint-Quentin-en-Yvelines, responsável pelo Pólo Livro, Edição, Leitura do Centre d’histoire culturelle des sociétés contemporaines, virá ao Brasil para uma série de encontros no Rio, São Paulo e Curitiba, para lançamento de seu novo livro O dinheiro e as letras – História do capitalismo editorial (Edição Edusp).

Este é o 4ª livro dele no Brasil. Antes saíram: A leitura e seu público no mundo contemporâneo. (Autêntica), O Camelô, figura emblemática da comunicação (Edusp), e Política, Nação e Edição. O lugar dos impressos na construção da vida pública (AnnaBlume), que organizou com Eliana de Freitas Dutra (está no Google_Livros).

Será muito bom se puder participar e divulgar o evento, o que desde já agradeço, porque os temas interessam a leitores, escritores, aos que estudam e também ao que trabalham na área do livro e da leitura.

Os dados do evento:

Título: Jean-Yves Mollier - Conferências no Brasil
Lançamento do livro: O dinheiro e as letras – História do capitalismo editorial (Edição Edusp)

Título da conferência: O dinheiro e as letras, uma relação delicada

*

Rio de Janeiro:

Data: 10/8/10, terça-feira

Horário: 10h30

Local: Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) - Auditório 91 – 9º andar

Rua São Francisco Xavier, 524 - Pavilhão João Lyra Filho

*

São Paulo:

Data: 12/8/10, quinta-feira
Horário: 10h00
Local: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – Auditório Ferdinand Braudel – USP

Cidade Universitária

*

Curitiba:

Data: 13/8/10, sexta-feira

Horário: 14h00

Local: Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) - Curitiba - Sala 2, Bloco C

Programa de Pós Graduação em Comunicação e Linguagens


Entrada franca


Para mais informações sobre o Jean-Yves Mollier, veja em:

Lançamento do Guia do Acervo do Núcleo de Documentação Histórica "Honório de Souza Carneiro", da UFMS


A UFMS, Campus de Três Lagoas, lançou o Guia do Acervo do Núcleo de Documentação Histórica "Honório de Souza Carneiro".A publicação impressa do Guia é resultado de um projeto aprovado pelo CNPq, de Popularização da Ciência. As instituições de pesquisa e de preservação documental que queiram receber o Guia, podem entrar em contato com o coordenador do Núcleo (e-mail: ndhist@cptl.ufms.br), informando o nome da Instituição, endereço completo, e-mail, telefone e responsável.

domingo, 1 de agosto de 2010

FOTO ANTIGA: PRAÇA FÉLIX MATINS

Félix Martins Ferreira III, fazendeiro em Angustura e vereador em Leopoldina entre os anos de 1876 - 1881 é considerado doador do terreno onde se localiza a Praça Félix Martins. Sobre Félix Martins e sua família, leia o texto da pesquisadora Nilza Cantoni, clicando aqui.

A praça, que sofreu muitas mudanças, é considerada ponto central da cidade e local de realização de encontros religiosos, eventos musicais e lazer familiar. No inicio, se assemelhava a um grande bosque, onde grupos de moças para conversar, à sombra das árvores e famílias faziam piqueniques. Na década de 1960, ali estava o cinema Brasil, a rodoviária, o final dos trilhos da estrada de ferro da Leopoldina e o fórum. Saiba mais sobre a praça, clicando aqui!

Há poucas fotos antigas, a maioria pertence a acervos particulares. Seguem algumas, colhidas da Internet e pertencentes ao meu acervo particular , repassadas por amigos, para recuperar uma parte da memória deste espaço urbano.

Praça Félix Martins, acervo particular de Reinaldo Lustosa

Praça Félix Martins, acervo particular de Reinaldo Lustosa

Antigo Coreto - Acervo particular de Nilza Cantoni

Fórum de Leopoldina - Acervo particular de Nilza Cantoni

Moças no jardim (praça), década de 1920 - Acervo particular de Natania Nogueira