domingo, 21 de maio de 2017

AS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS E A ESCOLA: FINALMENTE LANÇADO

Com Amanda Almeida, que  juntamente com a Secretária de Cultura Jussara Thomaz, possibilitou que eu pudesse fazer o meu lançamento no Centro Cultural.

Pois é, eu lancei meu livro oficialmente no dia 09 de março, em Leopoldina (MG), durante as festividades dos 10 anos da Gibiteca Escolar, que agora foi inaugurada como Gibiteca Escolar Helena Fonseca. Passsei sufoco, foi uma correria, mas tudo deu certo, até demais!


Com Delnilson, meu aluno do 9º ano.
O lançamento ocorreu no Centro Cultural Mauro de Almeida, com a presença de colegas, amigos, familiares e alunos. Aliás, gostaria muito de agradecer a todos que compareceram. Foi um noite especial para mim. É a primeira vez que eu lanço um livro (só meu) que não é sobre História Regional. É um pouco assustador porque isso significa que eu vou ter que distribuir em outras regiões.

Com colegas de trabalho, amigas e minha ex-diretora.
 Mas vamos falar um pouco do meu livro. Ele é o resultado de uma inquietação que eu sempre tive: a falta de material de apoio para o professor trabalhar na sala de aula. Acho que faltam livros escritos para professores, com o objetivo de apoiar a prática educativa. No caso dos quadrinhos, há muito pouca coisa ainda e a maior parte dos livros são coletâneas, com artigos produzidos por várias pessoas. É legal, mas acaba trazendo um conhecimento fragmentado. 

Com Willens Douglas, meu aluno poeta.
Eu sentia falta de algo mais completo, mais focado e direcionado ao ensino. Livros com uma linguagem mais simples, que pudessem oferecer não apenas informações. Que pudessem, também, trazer relatos de experiências. A prática docente precisa ser mais valorizada e compartilhada. O professor precisar ter espaço para compartilhar seu conhecimento prático.

Com meu pais e minhas tias.
Foi o que eu tentei fazer. Não desprezei a teoria, mas tentei combinar as duas coisas, partindo da experiência que acumulei nos últimos 10 anos. Enfim, um livro para professores, mas que até alunos podem ler. 

Com minha ex-diretora e grande amiga, Ana Petraglia.

Enfim, eu gostaria muito que quem já teve a oportunidade de ler relatasse suas impressões. Eu preciso saber se consegui atingir meu objetivo, se meu livro está realmente sendo útil. Aguardo comentários (aqui no blog ou em particular).

2 comentários:

Valéria disse...

Natânia, que maravilhoso! Parabéns, querida. Já quero um.

Abração! Valéria Bari

Natania A S Nogueira disse...

Obrigada, Valéria!
Separo um para vc!